Comentando sobre... Apaixonada por Palavras


“Odeio cantadas. Flores não me seduzem. Chocolates então, nem pensar. O que me comove são palavras. (...) Mas por que eu sou tão viciada em palavras? Por ter crescido lendo enquanto minhas amigas brincavam de pique-esconde? Por minha primeira paixão ter sido o Cebolinha, nos gibis da Turma da Mônica? Por amar poesia desde que nasci? Não sei. O fato é que me desperta curiosidade quem sabe escrever o que pensa. (...)”  

   Apaixonada por Palavras
Paula Pimenta
Editora Gutenberg


   Apaixonada por Palavras foi um livro que despertou minha curiosidade desde o lançamento. Quando Paula Pimenta veio à minha cidade para a divulgação da obra fiz de tudo o possível para ir vê-la. As Pimentinhas - suas fãs - acompanhavam cada palavra da autora com entusiasmo, inclusive uma delas chorou. 
   Não tinha lido nada dela antes daquele dia, mas a naturalidade com que a Paula lidava com os leitores me fez sentir próxima, amiga até. A identificação foi instantânea. Se isso aconteceu com alguns minutos de conversa, dá para se imaginar o que ocorreu com cada uma das páginas. 
  O livro é um conjunto de crônicas escolhidas pela Paula, das publicadas no site A Crônica do Dia. O gostoso de uma crônica é conhecer a visão de mundo do escritor e a melhor parte é que a visão da Paula é a mesma que eu conheci no bate-papo do lançamento. Uma pessoa tímida, adorável, divertida e, acima de tudo, apaixonada pelo que faz. É muito confortável ler algo sobre o  que você já conhece e mesmo naqueles poucos minutos do lançamento - infelizmente não fiquei lá até o final - já conheci uma pessoa maravilhosa e que é extremamente franca sobre si mesma. 
   A identificação com as crônicas é inevitável. Os temas mais abordados são o amor (atenção especial para os coraçõezinhos no final de cada crônica  - fofo), família e algumas reflexões. Mas há também situações super divertidas como a de uma intrusa que roubou seu acento no avião e também papo sério como o abordado nas crônicas "O sinal da menininha" e "O verdadeiro assassino". Cada crônica traz uma lição e um ponto de vista -  é válido dizer que eles são incríveis. 
   Sobre o projeto gráfico... OH MY! Existem livros lindos como Lonely Hearts Club e existem livros perfeitos - Apaixonada por Palavras está aí! A capa é toda trabalhada com alto relevo e verniz. Uma das coisas mais lindas que eu já vi! A folha de guarda é um luxo, olhem:



  Como se não bastasse tanto capricho, ainda há uma surpresa nas páginas: elas são rosa! Uma tonalidade bem leve e - no mínimo - muito fofa. Infelizmente não dá pra perceber nas fotos então compre porque é uma obra de arte. :S
   As palavras da Paula são muito acolhedoras. Em algumas crônicas fiz questão que colar uns post-its, para relê-las no futuro. Tenho certeza que um dia vou precisar dessas palavras, então marquei as mais especiais para mim e elas estarão lá me esperando. 



   E não demorou a acontecer... 
  Recentemente houve um apagão no Nordeste e lá estava eu, à luz de velas, lendo a crônica "Blecaute" para meu irmão, imaginando um tempo onde as pessoas eram mais pacientes e românticas - há não muito atrás.
   E também aconteceu de as pessoas próximas a mim se identificarem com o que estava escrito em outras crônicas - até meus professores. 

   
  E fui compartilhando, de trecho em trecho, minha paixão pelas palavras da Paula. E essa paixão só tende a crescer. E agora todo dia 25 de março, sempre irei fazer o meu ani-versário. No estilo Paula Pimenta, é claro. 





No dia em que eu encontrar um que se importe mais com o que eu escrevo do  que com a minha embalagem, eu caso. Desde que a proposta seja feita por escrito. E que, por trás daquelas palavras, existam óculos em vez de músculos. - pág. 31

Um comentário:

  1. Esse livro é perfeito e tem gente que vai me emprestar. haha'

    ResponderExcluir